Como trabalhar com time remoto

Reading time: 5 minutes

O avanço das tecnologias e a evolução da Internet e dos meios de comunicação trouxeram diversas mudanças para o ambiente de trabalho. Uma das grandes transformações foi a possibilidade de flexibilização da jornada de trabalho, por meio da contratação de um time remoto, que realiza suas funções laborais a partir de qualquer local, mesmo sem sair de casa.

O trabalho remoto gera benefícios para as empresas e, ao mesmo tempo, gera desafios, exigências e oportunidades para os colaboradores e para os gestores das empresas. Atividades de gestão, coordenação e controle precisam ser adaptadas e planejadas para essa nova modalidade de trabalho.

Neste post, você conhecerá os benefícios e os desafios que as empresas enfrentam ao lidar com um time remoto e dicas para que esse modelo dê certo em sua startup. Vamos lá?

Time remoto e startups

A relação das startups com o trabalho remoto está cada vez mais em alta, especialmente na área de tecnologia. De acordo com o estudo Global Startup Ecosystem Ranking 2015, entre os 20 maiores ecossistemas de startups, cerca de um quarto dos funcionários trabalha de maneira completamente remota.

No Vale do Silício, o maior centro e incubadora de startups do mundo, o percentual de funcionários remotos chega a 45%. No Brasil, o índice de trabalho remoto em São Paulo já está em 25%.

Os benefícios de um time remoto para a empresa

Redução de custos

Trabalhando com um time remoto, a empresa economiza com custos de deslocamento e alimentação de seus funcionários. Outro benefício é a possibilidade de manter uma estrutura mais enxuta, dispensando a necessidade de um grande espaço físico em sua empresa e reduzindo despesas fixas com a manutenção do escritório.

Funcionários mais satisfeitos

Congestionamentos de trânsito, assaltos, superlotação de transportes públicos e outros problemas são enfrentados diariamente por todo morador de cidades de grande e médio porte, e isso pode ocorrer durante o deslocamento de trabalhadores, tornando-os mais estressados e ansiosos com sua rotina.

Com um time remoto, seus funcionários estarão livres desses problemas que prejudicam sua qualidade de vida e que lhes rouba tempo. Com um estilo de vida mais equilibrado, os funcionários deverão ficar mais felizes e satisfeitos e sua empresa ganhará um trabalho muito mais produtivo e de qualidade.

Flexibilidade de horários e processos

Outra vantagem em realizar a gestão de um time remoto é a flexibilidade de horários e a agilidade que a modalidade permite. Tendo acesso às ferramentas configuradas adequadamente, o gestor pode encontrar e contratar funcionários para projetos específicos, garantindo uma maior agilidade nos processos e o cumprimento de prazos estipulados.

Os desafios da empresa na gestão de um time remoto

Para que esse modelo de trabalho realmente gere vantagens, é preciso que as empresas tenham atenção a alguns cuidados e vençam alguns desafios, entre eles estão:

Acompanhamento de prazos e produtividade

Como gestor, é importante manter um acompanhamento dos processos que estão sendo realizados pelo seu time remoto e saber utilizar as ferramentas de comunicação e monitoramento para direcionar o fluxo de trabalho de sua equipe de forma organizada e simples, sem comprometer a produtividade de sua equipe.

Controle de disciplina e motivação

O trabalho remoto, embora seja potencialmente positivo para a produtividade e flexibilidade, também pode ser difícil para funcionários com um perfil que tende à procrastinação ou falta de foco nas tarefas.

É papel do gestor identificar os pontos que seus funcionários necessitam desenvolver para que esse modelo seja vantajoso e produtivo para ambas as partes. Assim, certifique-se de que seus funcionários estão habilitados para trabalhar em um time remoto antes de realizar a contratação. Reuniões com os membros de sua equipe são boas oportunidades para acompanhar o progresso, discutir projetos e motivar o seu time.

Comunicação

Trabalhar com um time remoto significa gerenciar atividades e processos de funcionários que trabalham com diferentes horários e agendas. E, às vezes, quando você precisa resolver uma questão de forma rápida, é possível que o funcionário que você precisa não esteja disponível.

Ferramentas como o Google Hangout, Slack e Trello auxiliam a comunicação mas, em casos urgentes, um contato direto com o colaborador pode ser necessário. É importante que sua equipe esteja integrada e possa utilizar as ferramentas de comunicação como forma de indicar que estão disponíveis e em seu momento de trabalho.

Contratação de trabalho remoto

O modelo de contratação CLT ou PJ pode ser realizado normalmente pelas empresas brasileiras, mesmo que o funcionário não resida no mesmo estado. A decisão pelo contrato de carteira assinada ou prestação de serviços como pessoa jurídica depende da estrutura da empresa em lidar com os valores e benefícios do formato CLT e também da demanda dos candidatos. Em algumas áreas, as pessoas trabalham melhor no modelo de PJ, enquanto outras preferem o modelo de carteira assinada.

Certifique-se de fornecer para seu time remoto os recursos necessários em caso de resolução de burocracias e documentação. Para contratações fora do país, é recomendado um contrato de prestação de serviços, pois o funcionário não será contratado diretamente pelos modelos formais. O contrato comprova a legalidade e a origem do pagamento realizado pela empresa.

Sua startup já trabalha com times remotos? Você tem alguma dúvida sobre esse modelo de trabalho? Compartilhe suas dúvidas e experiências nos comentários!

About Guilherme Junqueira

Empreendedor, Educador e Recrutador.
CEO da Gama Academy