A arte de receber e dar feedback

Reading time: 3 minutes

“Podemos conversar?” Esse convite para uma reunião de feedback causa nervosismo em profissionais de diferentes níveis hierárquicos e idades. Dar e receber feedbacks parece simples, mas na prática é bem mais complicado. Esse desconforto atinge tanto quem está sendo avaliado, quanto quem vai tecer os comentários.

O momento do feedback é bastante delicado, mas existem algumas atitudes e posturas que o tornarão muito mais fluido e produtivo.

No post de hoje, falaremos a respeito da arte de receber e dar feedback e traremos algumas dicas para que a sua startup tire o melhor aproveitamento dessa poderosa ferramenta de engajamento. Continue acompanhando!

Feedback

Promova feedbacks constantes

Essa prática irá melhorar a comunicação, aumentará a confiança por meio do fortalecimento dos relacionamentos e tornará o clima organizacional muito mais saudável e produtivo.

Através dessa troca de ideias, você poderá, inclusive, identificar situações que podem estar afetando o engajamento ou as expectativas que não estão alinhadas.

O feedback é uma ferramenta que deve ser constantemente utilizada pelos líderes para promover o engajamento e a motivação. Além disso, adotá-lo como hábito ajudará a diminuir os índices de rotatividade da sua startup, já que estima-se que o feedback gere redução de 14,9% nas taxas de turnover.

Evite generalizações e acusações

Para que o comunicação seja efetiva, os comentários devem ser palpáveis; portanto, apresente exemplos, dados e fatos como embasamento para tornar a conversa objetiva.

Por exemplo, se você está falando de atrasos, apresente as datas e os horários das chegadas ao invés de simplesmente falar que está insatisfeito com os atrasos do colaborador.

O feedback exige um grande exercício de empatia. O que você tem a falar será muito mais bem recebido se você se expressar dizendo “eu sinto que você…” ao invés de frases que culpem o ouvinte, como “você faz”. Isso evitará que quem está recebendo a mensagem torne-se defensivo.

Escute

É importante, após ter dado o feedback, oferecer um tempo para que a outra parte possa se expressar. Apenas escute, sem julgar, sem retrucar. E para que a pessoa à sua frente sinta que está sendo levada a sério, anote os comentários que julgar importantes.

Forneça um reforço positivo

No feedback, quando for necessário abordar os pontos falhos é imprescindível deixar claro que existem alternativas para reverter o quadro atual e que você acredita que, juntos isso será possível.

Acredite no potencial da sua equipe! E lembre-se: você percebeu alterações positivas na conduta após a conversa? Deixe claro que você notou essa mudança, é importante também fazer elogios sinceros e reconhecer as melhorias.

Como receber feedback

Receber feedback, muitas vezes é visto como um crítica, o que faz com que nossos mecanismos de defesa sejam ativados. Não discuta ou rebata. Escute e reflita.

Para que o feedback beneficie líderes e liderados e elimine insatisfações na sua startup, é fundamental construir uma relação de confiança entre todos, por meio de uma comunicação transparente e do estímulo ao diálogo, para que a equipe se sinta convidada a interagir, questionar, perguntar, dividir e confiar constantemente.

Portanto, investindo em feedback constante, isso se tornará algo natural e construtivo e não carregará um caráter negativo de algo exclusivo para situações críticas.

A falta de comunicação é um dos fatores que culminam na baixa produtividade. Invista no feedback para indicar qual caminho o seu time deve seguir, elogiar o bom desempenho e indicar o que deve ser corrigido.

Essa estratégia de gestão de pessoas deve ser utilizada constantemente para obter resultados consistentes e favorece tanto o desenvolvimento dos colaboradores quanto dos gestores. Assim, a prática de dar e de receber feedback será introjetada na cultura de sua startup.

Lembre-se de que os colaboradores devem ficar confortáveis para se expressarem e conversarem sem medo. Portanto, essa relação exige esforços de todos e a competência de receber e de dar feedback deve ser estimulada entre toda a empresa.

Como é o processo de feedback em sua startup? Você já aplica alguma das dicas que apresentamos ou tem outra adicional para compartilhar? Deixe sua mensagem nos comentários! 

About Guilherme Junqueira

Empreendedor, Educador e Recrutador.
CEO da Gama Academy